amor além dos poemas de amor (II - quase um nome)

só me interessa a sombra da curva,
este espaço deixado no vão
do espaço em que passo.

tal como pedra de sal
a naufragar um mar extinto

não sou mais que a sensação

de ter a morte um manto
em que se vai
ficando pra trás


ter o que não ter


quase um nome,
legado
dos lábios de meus pais.


 
Cristiano Siqueira

(Foto de Bevgen Bavcar)

6 comentários:

Karina Marques disse...

sobretudo fotografia maravilhosa...

[ rod ] ® disse...

O amor e suas variações...

perfeito diz ser tocável...

quando o ato maior é ser desejável.

Abs,







Novo dogMa:
irrevogÁvel...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Renata de Aragão Lopes disse...

Um lamento poético!
Gostei muito!

Um beijo,
doce de lira

Evellen Libni disse...

Lindos textos.

Anônimo disse...

EU TE AMO! ÔH, MALUCO...

somebody disse...

酒店經紀人,

菲梵酒店經紀,

酒店經紀,

禮服酒店上班,

酒店小姐,

便服酒店經紀,

酒店打工,

酒店寒假打工,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工經紀,

制服酒店經紀,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工,

制服酒店經紀,