Amor e divórcio

Apartaste de mim
Como a flor de seu haste
Como o pomo de Adão

Caminhas por tua casa,
Nua passas pela cozinha
E vai regar o jardim.
Abertas as janelas da casa...

Em teu sonho de liberdade
A minha ausência.

Eu lutei com toda minha força
Alma e instinto de sobrevivência!
Venceu-me tua individualidade
A vontade que eu tinha
De chamar-lhe ainda:

Esposa minha...

Cristiano Siqueira
(Foto de Leonid Streliaev)