amor e experiência

este amor
nasceu da distância
e aos poucos se aproxima

amor nascido ao contrário
seu berço incendiário
de tudo que supus
saber de amor

seu começo, meio e fim
foi apenas um meio
pra celebrar seus recomeços...




Cristiano Siqueira


(Foto de Henri-Cartier-Bresson)

8 comentários:

Anônimo disse...

Como eu já pensei nisso...nessa inversão.De como pulamos etapas e provamos do fruto ainda verde do amor.Tenho mania disso.Leio sempre o final do livro antes de começar a leitura propriamente.Ainda mais quando é um clássico. Ai, não resisto mesmo. Filmes, então... sempre descubro o final antes de entrar na sessão. Vivendo de trás pra frente, quem sabe no final da história a gente não se torna amigos? Esse, sem dúvidas, o começo ideal. Sua. L.Byron

Ana Pellegrino... disse...

Olá, Menino Poeta!.... Adorei... As coisas muitas vezes vêm mesmo assim, ao contrário...
Tenho me surpreendido com seu blog e com a sutileza das suas palavras... Ótimo fds pra vc... bjão

André L Evangelista disse...

Seus pensamentos mesclam de forma pelo personagem, bem como as sensações por vc transmitidas.

Muito bom!

Eline disse...

Poema lindo!
E a cara do menino...
não preciso dizer mais nada!

Talita Prates disse...

Ah, lindo!
:)

Anônimo disse...

EU TE AMO! ABESTADO...

Annelize disse...

Lindooooooo...

somebody disse...

酒店經紀人,

菲梵酒店經紀,

酒店經紀,

禮服酒店上班,

酒店小姐,

便服酒店經紀,

酒店打工,

酒店寒假打工,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工經紀,

制服酒店經紀,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工,

制服酒店經紀,