amor solto

se eu me soltar,
só falarei de teus lábios
ou dos beijos que lhe dei
sem saber imaginado.

das vezes que morri
perdendo o ar
de tanto amar
teu hálito.

se eu me soltar,
não mais estarei envolto
ao que não quero
assumir.

teu semblante prende
preenche e seqüestra
meu arbítrio de ir e não ir
para longe ou perto de mim.

de não me soltar
e como um louco agir assim
é que tudo fica claro!

não curas meu olhar angustiado
mas com candura se sorris.
pois bem sabes que não me solto,

pra jamais desgarrar de ti!


Cristiano Siqueira
(Foto de Richard Bram)

7 comentários:

Anônimo disse...

sem comentários!aff...

Anônimo disse...

pOETA EXEPCIONAL

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Eline disse...

Cristiano!Como consegues lapidar as mil faces do amor!?!

Thais disse...

Excelentes poemas Cristiano.
Te lerei sempre...

Thais

somebody disse...

酒店經紀人,

菲梵酒店經紀,

酒店經紀,

禮服酒店上班,

酒店小姐,

便服酒店經紀,

酒店打工,

酒店寒假打工,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工經紀,

制服酒店經紀,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工,

制服酒店經紀,

BLOG DO PROFEX disse...

Quanto mais a gente tenta se soltar, mais a gente se amarra... se é verdadeiro o amor.
Abraços!