Amor às baratas

Uma barata sai pelo ralo!
Não tenho coragem de mata-la.

Ela ainda sem asa
Mal-nascida
Nua e atrevida,
Me olha
Com antenas molhadas!

Não te mato
Barata safada!
Não te mato!

No fundo eu a invejo!
Vejo que de si mesma
Tu não sentes teu asco!

Cristiano Siqueira
(Foto de Emanuel Couto - fonte: olhares.com)

4 comentários:

Eline disse...

Asquerosamente sensível.
Comove o coração e as entranhas.

Rosana Paiva disse...

"Encontrei uma barata na cozinha
Eu olhei pra ela, ela olhou pra mim
Ofereci a ela um pedaço de pudim
E o curioso foi que ela...

Ela disse sim!
Vem cá ficar comigo!
Sim! Gosta de tudo o que eu gosto!
Sim! Vem Kafka!"

Poetas são mágicos mesmo! :)

Lucas disse...

só mesmo vendo o asco de si podemos ser o que somos...
exalte-se as baratas que de vida erma completam o medo dos humanos sabedores dos próprios defeitos

somebody disse...

酒店經紀人,

菲梵酒店經紀,

酒店經紀,

禮服酒店上班,

酒店小姐,

便服酒店經紀,

酒店打工,

酒店寒假打工,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工經紀,

制服酒店經紀,

專業酒店經紀,

合法酒店經紀,

酒店暑假打工,

酒店兼職,

便服酒店工作,

酒店打工,

制服酒店經紀,