Amor mitológico

Artilharias ao resguardo
De meu ânimo,
Armei-me até os dentes
Espadas, escudos, armaduras
Belicismo inconseqüente.

Conjecturas de batalhas
Estratégias, rotas, cercos
Fissões atômicas
Mortalhas nucleares
Cogumelos de césio
Engano de radares.

Álgebra de guerra
Camuflagem
Rastejo no deserto, mangues.
Às margens do exangue
Miragem, tiros tredos
Arremedo de coragem.

E eis que abriram-se
Os céus de meu espanto,
Em meio a emboscadas de nuvens
Flechas embebidas em orvalhos de néctar
E um manto branco revolvido ao peito meu
Ó Vênus! Ó Marte!
Um cupido me venceu!






Cristiano Siqueira




(Ilustração de Aline Siqueira)