amor e devaneio

por trás das árvores
à frente das grades
cai a cor do céu.

meu pensamento diante
de teu semblante
não está sozinho
quanto eu.

folhas de outono
ressecam meus passos.
ecoa em meu caminho
a última oxítona de teus lábios.

nos teus ouvidos,
os sussurros das palavras
que ousei não confessar.


Cristiano Siqueira



(Foto de Nils Jorgensen)